12 de dezembro de 2005

Apagaste a luz.

Porque é que apagaste a luz, Beatriz? Logo agora que eu estava a tentar ler nas entrelinhas do teu carinho. Mas não te vou pedir que a acendas, gostas de flashes cachopa, o que é que te hei-de fazer?
Quiseste acordar-me quando acendeste essa luz incandescente pela primeira vez e agora? Queres esconder-te porque sentes que te conheço? Ora deixa-te disso, tu tens é medo que eu te conheça melhor do que tu!
E apagaste a luz mesmo quando eu desvendava os segredos escondidos nos teus olhos...Já te disse que os teus olhos falavam comigo? Havia dias em que reclamavam a minha atenção e outros em que me pediam docemente o teu espaço...sim, Beatriz, esse teu espaço que sempre reclamaste e que nunca te serviu de nada!
Lembro-me de uma vez em que os teus olhos sussurraram que gostavas de mim...Ai, miúda...quem me dera nunca ter ouvido esse murmúrio da tua alma...
Revolucionaste as minhas entrelinhas, será por isso que insisto tanto em querer ler as tuas? Sempre me mostraste tanto, porque me escondes agora aquilo que eu quero mesmo conhecer?



Vá lá, Beatriz, não sejas teimosa, deixa-te de brincadeiras e acende lá a luz...

Não gosto de estar às escuras...

13 comentários:

Super_Guilho disse...

o texto ta mt bonito, e uma verdadeira metafora ao sentimento de conhecermos ou nao uma pessoa, de ela abrir o coraçao connosco e vermos realmente o k ela ker, surpreendemo-nos e knd ela nos revela algo d k nao esperavams!!

um bjo do teu amigo Guilho

Pedro disse...

Há quem acredite que quando quer mesmo muito muito muito uma coisa, fecha os olhos com força e ela aparece ali... e a Beatriz pergunta: porquê cansar os olhos, quando o interruptor está mesmo aqui?

Filipe de Arede Nunes disse...

Muito bonito... *

f7 disse...

Às vezes..nao é a olhar que descobrimos..
Às vezes..descobrimos algo que nos muda..que nos diz a verdade..
Às vezes..!

:)

mt bom...j n pxav aki fazia mt..!
kizz*

PEace!!* *

Ruben Portinha disse...

A luz é algo indispensável para se conhecer alguém... n apenas a luz visível, mas tb akela luz interior k ilumina o nosso ser...

LUZ PARA TODOS!!!

Suntory Time disse...

É que gostei. Gostei mesmo.

A princípio pensei, "C'um raio, então a miúda está a escrever sobre uma Beatriz? Passou-se." mas depois fez-se luz: Ah! Inversão! Ponto de vista masculino!

E curti. (:

StupiDreamer disse...

fantastico =)
«tens é medo que te conheça melhor do que tu!»
malditos dos olhos que falam e da luz que só se cende quando não queremos!*

Diana disse...

hm...assim ninguem devia estar as escuras....devia tudo ser tao claro, transparente. E se de repende todos acendessemos as luzes? ;)

Beks disse...

adoro este texto..
Quem disse que uma imagem vale mais que mil palavras?
Nada vale mais que alguem depositar na escrita um sentimento de si, um sentimento de outro...
Essa dos "teus olhos que falam comigO" mata-me..revejo-me tanto..
Beijão*

«Karllus» disse...

Mesmo com a luz apagada há olhares que dizem muito e, parecendo que não falam, encendeiam-nos a vontade de conhecer...
Se ela não acender a luz, continua tu a falar.
Quem sabe se o medo, entendido como causa aparente da ausência da luz, não é apenas a forma encontrada de te mostrar a sua cumplicidade de outros momentos?

Bjs

Anónimo disse...

Best regards from NY!
» » »

Anónimo disse...

Excellent, love it!
http://www.tamiflurumsfeld.info/sell_tamiflu.html Fluorescent light intensifies cellulite 2005 suzuki bandit Moving company in florida http://www.acuvue-3.info/link-purchasebetc-tamiflu.html Paxil researchers http://www.axius-seat-covers.info What are 10 cabinets of the federal government tamiflu prices tamiflu vorrat buy tamiflu roche

Jaime disse...

Suzuki Bandit, japanese quality and stability with a great design. I had the GSF1200N and it always impressed me how much the bike insurance was. for the power I would have thought you would need to pay more as you do with car insurance.