19 de outubro de 2010

Sem cor

A rotina desgasta. Vai roendo pequenos pedaços de nós. Mas também nos mantém em movimento. Empurra-nos como se o tempo fosse uma formalidade. Esconde-nos do mundo e deixa-nos numa sala de espera em constante circulação. É lá que permanecemos em serenas expectativas. Saltamos de cadeira em cadeira à espera de mais um dia sem saber de onde nos vai chegar e que música irá trazer. E sem querer, crescemos. O mundo perde as suas formas coloridas que nos punham sorrisos no rosto. As ruas já não estão desenhadas a lápis-de-cera e as bicicletas já não trazem fitinhas de arco-íris no guiador. Chove e a chuva já não é azul, roxa e vermelha, feita de pequenas poças onde molhar as galochas... e já nem o guarda-chuva é às bolinhas. 

3 comentários:

Masquediabo disse...

No meu ponto de vista existem boas e más rotinas.

©LauLisePhotography disse...

emportas te que use um texto teu? no meu blog? Claro, com o link especificando a sua origem, ou seja o teu blog? é que adoro...sempre adorei...e gostava de o postar com uma foto do Ceu que tirei, no meu blog fotografico... o texto que queria usar foi escrito por ti em 2008, chama se Sol e Lua... :) fico a espera de noticias ...anciosa por postar ... :)

T.A. disse...

recebeste o meu mail? :)