30 de dezembro de 2008

Clack!

Um olhar intrigado, algum espanto e desenvoltura na pergunta:
- Porque é que fechaste a porta?

Um sorriso óbvio e saboroso:
- Porque vou abrir todas as janelas!

8 comentários:

Manuel Marques disse...

Espero então que de uma dessas janelas encontres a felicidade, a paixão pela vida, um simples motivo para sorrir! És especial, beijinhos e um maravilhoso 2009!

O Profeta disse...

A humildade da água
Uma folha solta no vento
Cai sobre o mundo um manto de fino orvalho
Cada gota aprisiona um pensamento


Que o ano de 2009 seja a chegada aos teus mais
verdadeiros sonhos, que a tua alma encontre as mil cores
do feliz pensamento…


Que os nossos caminhos se juntem no espaço intermédio
entre a ternura e o tempo da viajem.



Mágico beijo

LEO disse...

E se as janelas se transformassem em portas abertas para o infinito, donde sairiam os sonhos aprisionados pelo pensamento dos mortais.

Mas as janelas apenas são as portas dos pequeninos... e as portas jamais serão um ponto de passagem entre o eterno espaço que fica entre aqui e o agora...

Os poetas entendessem...

Leandro Esteves disse...

E se as janelas se transformassem em portas abertas para o infinito, donde sairiam os sonhos aprisionados pelo pensamento dos mortais.

Mas as janelas penas são as portas dos pequeninos... e as portas jamais serão um ponto de passagem entre o eterno espaço, que fica entre aqui e o agora...

Os poetas entendessem

MiLii disse...

lindo seu blog parabens

elmary disse...

Assim as coisas boas da vida podem entrar pelas janelas mas não podem saír porque a porta está fechada.
Sê feliz.

Otodectes cynotis disse...

e depois admiras-te de apanhar as carraspanas!

;D

Otário disse...

cuidado com a corrente de ar!