27 de março de 2006

Viúva-do-ventre-liso

As mãos caídas no colo cansadas, os olhos fechados num sono inquieto. E sonhava. Sonhava com uma casa perto da praia, com três crianças a correr no jardim, uma menina e dois rapazes. O sonho repetia-se nas tardes solarengas e quentes na soleira da porta.
A roupa preta, num luto de cárcere, de tristeza suja. Um luto tão pesado e tão arrastado que já deixara de ser tão preto. E a cor das roupas passara-lhe para os olhos, agora restava-lhe uma cadeira de balouço no fim das tardes passadas no campo, nas hortas. Uma cadeira que lhe devolvia o sono e a noite, que lhe permitia os sonhos. Mas o que sonhava não variava conforme as tardes de verão ou de inverno, era sempre o mesmo...as três crianças a correr alegremente, ela a levar-lhes sumo de laranja para refrescar as brincadeiras, tantos sorrisos, tão perfeitos. E só quando acordava a meio da noite, assustada com o cantar nervoso dos grilos, se levantava languidamente da sua cadeira de balouço e se dirigia à cama...pensava em si e questionava-se onde estariam os netos que nunca teria e os filhos que nunca tinha tido.
A viúva-do-ventre-liso, chamavam-na. Nunca ninguém soube como isso a magoava.

15 comentários:

Beks disse...

Oh Tati tá tão bonito!!!
Adorei o texto e a imagem...
Os sonhos existem para nos podermos refugiar da realidade que nos magoa. Mas por vezes, os mesmos sonhos ainda magoam mais...
Mas continua a sonhar e a escrever que eu cá estou para ler :)*

Gosto.te.muito.!

Gavi disse...

Epah tá potente... Axim trist...!
Os sonhos são bons kd nos servem d apoio para lutarmos por eles, não para vivermos deles... Coitada dela =$ Enfim...

Super_Guilho disse...

tds tems sonhos k n concretizamos e o sonho d ter filhos, c constituir uma familia, é um sonho demasiado ambicioso mas simples e por ixo o n ser concretizado torna as pessoas frustradas, tristes, solitárias...

bjxx** GuIlHo

patiXa_ disse...

Tão lindo... adorei, como já seria de esperar. É de uma simplicidade magnífica este texto. E no entanto, quase que se sente a sua dor.


De facto ontem (27/03) andei a passear-me pela baixa acompanhada do meu namorado, portanto deves mesmo ter-me visto. Olha só a coincidência...

kisses =)

patiXa_ disse...

Vermelho, cinzento, elevador... sim, éramos realmente nós.
Eu tenho vertigens e ele queria levar-me lá a cima!

Eu também sou realmente péssima a decorar caras e nomes, mas pra próxima já sabes ;) estás à vontade

elmary disse...

Tu prendes-me com os teus textos maravilhosos, gosto da forma como consegues transformar momentos tão banais em sensações tão profundas.
És o meu sonho tornado realidade.

Suntory Time disse...

O_O

A-do-rei

miss madness disse...

lindo :)

kiss*

MiLady disse...

Fiquei impressionada =| Deve ser horrível uma mulher saber que nunca vai poder ter filhos =(

_XugarSpice_ disse...

Está simplesmente maravilhoso!
Deve ser uma grande dor...

********************************

Diana disse...

tão triste e tão bonito :|

Alexx disse...

Há tt coisa k nos magoa tt e d k nc ngn s apercebe....... Vidas assim são tão tristes.......

AR disse...

triste mas sublime!
horrorizada vejo-me como essa viúva...daqui a uns longos anos.
:(

bela da imaginação!!
:)****

kiss*

GK disse...

És verdadeiramente talentosa. E eu que pensei um dia que sabia escrevr!...

Felicidades.

Anónimo disse...

voce tem talento, sem duvida